Pesquisa

sexta-feira, 19 de julho de 2013

A rica Geléia Real

A geléia real é um produto natural, produzido pelas abelhas jovens para alimentar a rainha. Contém notáveis quantidades de proteínas, lipídeos, carboidratos, vitaminas, hormônios, enzimas, substâncias minerais, fatores vitais específicos, substancias biocatalizadoras nos processos de regeneração das células, desenvolvendo uma importante ação fisiológica. Não se conhece na biologia e medicina, outra substância com semelhante efeito sobre crescimento, longevidade e reprodução das espécies. Possui, ainda, o ácido 10 HDA, de alta atividade biológica.

Importância da Geléia Real

A Geléia real é fornecida como alimento durante 3 dias a todas as crias de abelhas e para a rainha, durante toda a vida. As crias de abelhas operárias, durante esses 3 dias, alcançam o maior desenvolvimento, aumentam seu peso em cerca de 250 vezes mais. A rainha, que sempre recebe a geléia real, terá o dobro do peso da operaria e a sua vida pode chegar até 5 anos, sendo muito prolifera (pode por cerca de 3000 ovos ao dia). Por outro lado, a abelha operária, que é geneticamente igual a rainha, e não recebe geléia real diariamente, vive apenas 35 a 40 dias. Por esses fatos, os valores da geléia real tornam-se claramente evidentes.

Chauvin em 1922, professor na Universidade de Sorbone, recomendou o uso da geléia real na terapia humana. Vários estudos foram feitos a partir daí, investigações em doentes e observações de controle médico.

De acordo com a pesquisa informada, as indicações do uso da geléia real foram assim descritas: “é um estimulante biológico com ação energética e regeneradora do organismo. Recomenda-se em casos de cansaço, astenia, falta de apetite, nos estados de esgotamento físico e nervoso, transtornos de comportamento, de adaptação social e escolar (rendimento psíquico baixo), nos jovens durante o período de puberdade e adolescência, assim como se recomenda como Tônico geral nas enfermidades com evolução crônica, anemia, anorexia e outros". Não apresenta efeito secundário, portanto, não tem contra indicações.

A Geléia Real não é remédio, é um alimento concentrado, com eficácia para o crescimento, a longevidade e a reprodução.

Composição Química da Geléia Real:

Tiamina (Vitamina B1)
Ác. Pantotênico (Vitamina B3)
Piridoxina (Vitamina B6)
Biotina
Ác. Fólico
Vitamina B12
Inositol
Acetil Colina
Vitamina C
Vitamina A
Vitamina D
Vitamina E

As propriedades da geléia real são conhecidas há séculos, mas só ficou famosa quando um médico francês, em 1953 e 1954, salvou a vida do Papa Pio XII e o manteve com um certo vigor durante anos, com o uso da mesmal. São atribuídas propriedades medicinais, afrodisíacas, rejuvenescedoras, fortificantes, ótima para o crescimento e desenvolvimento de crianças, aumento da longevidade, estimulante de apetite, além de fortalecer as defesas imunológicas. Para uso externo, apresenta ótimas características para tratamentos de pele.

Fonte: Vale do Mel

Nenhum comentário:

Postar um comentário