Pesquisa

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Tribulus Terrestris e suas propriedades estimulantes

Tribullus Terrestris é o nome de um extrato concentrado obtido de uma erva daninha do mediterrâneo, conhecida como videira da punctura. Possui substâncias capazes de atuarem sobre a glândula hipófise estimulando-a a produzir o hormônio luteinizante (LH) que por sua vez atua nos testículos dos homens e nos ovários das mulheres determinando os efeitos deste fitoterápico.
O componente ativo é chamado de Saponina, que é achado principalmente nas folhas.
Ficou famosa após atletas olímpicos dizerem que usaram e obtiveram melhora na performance.

Indicação: 
Aumento da testosterona e aumento da síntese de proteínas.

Ações:
- Nos homens aumenta a produção de testosterona, dentro dos limites fisiológicos.
- O aumento de testosterona estimula a síntese de proteínas (ganho de massa muscular), aumento da força, melhora da libido e potência, melhora da densidade óssea, melhora da disposição e do estado de humor.
- Provoca vasodilatação na região genital, o que pode explicar os seus efeitos sobre a ereção. Pode aumentar ainda a contagem de espermatozoides, bem como a sua motilidade, podendo, por isso, ser um auxiliar precioso para tratar a infertilidade.
- Nas mulheres o LH aumenta a produção de DHEA e de androstenediona (uma molécula parecida à testosterona). O DHEA é importantíssimo para evitar o envelhecimento. A androstenediona é convertida, dentro dos limites fisiológicos, em testosterona (que melhora a massa muscular e a densidade óssea) e estradiol, hormônio feminino, melhorando a libido, a disposição e o estado de ânimo.
- Ao aumentar as concentrações plasmáticas de testosterona, aumenta também produção de músculo como efeito anabólico.

Dosagem:
Recomendada varia de 250 à 750 miligramas diariamente.

Contra-indicações:
Pessoas com hipertensão, diabetes ou cardiopatia, só devem fazer o uso com acompanhamento médico.
Também não é recomendado para mulheres grávidas ou lactantes, e nem para crianças.
Homens com alterações na próstata devem consultar um médico antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário