Pesquisa

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Frutas que diabéticos podem comer sem receio

Muitos portadores de diabetes ficam na dúvida em relação às frutas que diabéticos podem comer. Ainda que seja sabidamente um alimento natural e rico em vitaminas, a fruta contém açúcar em forma de frutose.

Conheça as frutas que diabéticos podem comer

Porém, o que muitos não sabem é que há, sim, frutas que diabéticos podem comer e que, mais do que isso, o seu consumo é indicado. Elas trazem benefícios para a saúde muito maiores do que as implicações em razão da presença da frutose.

5 frutas que diabéticos podem comer

Ficou curioso? Então, confere a nossa lista de 5 frutas que diabéticos podem comer:

- Maçã: quer consumir uma fruta sem culpa e, além de ficar bem nutrido, ainda reduzir aquela vontade de comer doce? A pectina contida na maçã é uma forte aliada. Isso devido ao fato de que a substância prolonga a sensação de saciedade, além de auxiliar no controle da glicemia e do colesterol.

-Abacate: muita gente diz que o abacate é um vilão das dietas, devido ao seu índice de gordura. O que muitos não sabem é que essa gordura é considerada nobre e, por isso, deixa o processo de absorção dos alimentos mais lento, prolongando o tempo de saciedade. Além disso, o abacate quase não contém açúcar e, por isso, entra na lista de frutas que diabéticos podem comer.

No entanto, se o seu problema não é apenas com relação à doença, mas sim com relação à balança, é melhor ficar atento: o abacate é altamente calórico e, em caso de controle alimentar restritivo, deve ser consumido com cautela.

- Limão: se existe uma fruta que você certamente pode comer sem a menor culpa ou preocupação, essa fruta é o limão. O limão é rico em ácido cítrico e ácido ascórbico, substâncias que atuam beneficamente em diferentes partes do corpo.

Em primeiro lugar, a fruta evita hemorragias, uma grande preocupação para quem tem diabetes, já que existe uma dificuldade de cicatrização e, por consequência, a possibilidade de infecções se tornam maiores.

Além disso, a alta concentração de ácido nicotínico protege as artérias, prevenindo problemas cardiovasculares, uma tendência para quem é diagnosticado com diabetes.

Por fim, o limão diminui a viscosidade do sangue, o que é essencial para o portador de diabetes, uma vez que, junto com a doença, existem alterações que predispõe a um maior risco de trombose.

- Amora: assim como a cereja e o blueberry, é recomendada com moderação, apesar do alto índice glicêmico da fruta. Os benefícios se dão visto que a amora é rica em compostos que estimulam e aceleram a liberação de insulina, melhorando a síntese de glicose – processo fundamental para quem possui diabetes.

Além disso, essa fruta também é responsável por normalizar a pressão arterial, bem como atua na forma de bactericida e anti-inflamatório – importantes para a prevenção de complicações que podem acometer os diabéticos.

- Coco: por ser rico em ácidos graxos e ácido láurico, o coco é um importante combatente de bactérias e fungos. Tais substâncias também cumprem um papel importante na nutrição das células intestinais, enriquecendo a imunidade.

Por fim, a gordura do coco favorece a saciedade e reduz inflamações, além de ser um alimento que reduz a carga glicêmica.

Por: Doutíssima

Nenhum comentário:

Postar um comentário